GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

coluna Xadrez

Glaustin reconsidera e avança em pré-candidatura

Publicado por: Rubens Salomão | Postado em 09 de julho de 2020
Nos bastidores, era forte a corrente de que, mesmos sendo escolhido por Caiado, Glaustin considerava também interesses empresariais para não entrar pessoalmente na disputa| Foto: Takeshi Gondo

O deputado federal Glaustin da Fokus (PSC), que chegou a ser considerado carta fora do baralho na disputa à prefeitura de Aparecida de Goiânia, reconsiderou o cenário e afirma que, com o avanço de articulações nesta semana, deve anunciar oficialmente nos próximos dias a pré-candidatura. “Nós nunca oficializamos o projeto. A gente estava esperando cenas dos próximos capítulos para saber como iríamos caminhar. Tenho reunido ultimamente com o governador Ronaldo Caiado, discutimos sobre a cidade. Acredito que nessa semana tenhamos uma decisão e caminha para soltarmos um projeto para a pré-candidatura a prefeito. Está afunilando para isso”, define o deputado, que cumpre o primeiro mandato em Brasília. Nos bastidores, era forte a corrente de que, mesmos sendo escolhido por Caiado, Glaustin considerava também interesses empresariais para não entrar pessoalmente na disputa.

Discurso e prática

O relato de Glaustin da Fokus, sobre discussões constantes com Caiado sobre o pleito em Aparecida de Goiânia, contrapõe a constante alegação do governador de que não realiza “uma só reunião sobre eleição municipal” durante a pandemia.

Sem opção

A retomada do projeto do deputado ocorre depois que, a partir de seu afastamento, não foram encontradas lideranças com potencial na base caiadista na cidade.

Em campo?

“Ele (Caiado) poderia ter outras pessoas e, se achasse, eu me colocaria. É o que está acontecendo no momento”, admite Glaustin. “Eu sou jogador de um time do governo e estou entendendo que tenho que me colocar para um projeto desse”, diz.

Vai cumprir?

Apesar da promessa de nove hospitais de campanha para atender pacientes com o novo coronavírus, apenas dois realizam trabalhos: em Goiânia e Luziânia. O próximo a funcionar é o construído pelo governo federal, em Águas Lindas.

Paralisação

Os outros sete ainda estão presos no processo de estadualização, ou então reformas e a entrega de equipamentos, como respiradores. O governo tem tratado com prioridade, além de Goiânia, o entorno do DF e a região Norte.

Decisão técnica

O novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, definiu, ao assumir o cargo ontem, que a intenção é manter as eleições municipais para outubro, mas que autoridades de saúde e cientistas darão a palavra final.

Para quando

Uma decisão deve sair até meados de junho. “Quem vai bater o martelo são os sanitaristas”, diz. Alternativas são 15 de novembro ou o primeiro domingo de dezembro. Na pior hipótese, as posses ainda ocorreriam em 1º de janeiro.

Sem chance

O novo presidente do TSE também garante que fará de tudo para não prorrogar mandatos de prefeitos e vereadores, o que seria “antidemocrático”.

CURTAS

- Mais de 7 mil máscaras serão entregues pela ACIEG a instituições do Estado, pela campanha “Máscaras para a Vida”.

- A iniciativa busca prevenir a população do contágio pelo coronavírus. As primeiras entregas ocorrem hoje às 11h.

- Com aumento no número de casos próximos a deputados, a Assembleia Legislativa suspendeu atividades nesta semana.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar