coluna Xadrez

Karlos Cabral ‘balança’ no comando da Comissão de Finanças

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em 08 de março de 2021
Posicionamento político do deputado em relação a várias matérias do pacote que o Governo enviou a Alego pode ser decisivo para sua permanência no comando da Comissão | Foto: Reprodução

Venceslau Pimentel 

O posicionamento político do deputado Karlos Cabral (PDT) em relação a várias matérias do pacote que o Governo enviou à Assembleia Legislativa, em dezembro, pode ser decisivo sobre a permanência no comando da Comissão de Finanças, uma das mais importantes do Parlamento. Nas votações, o pedetista se juntou à oposição, para votar contra, por exemplo, a PEC que reajusta as estruturas administrativa e financeiras do Estado e o projeto de renegociação de restos a pagar e a proposta que estende o regime jurídico únicos a servidores dos poderes e órgão autônomos. A novo composição das comissões técnicas acontece em fevereiro. 

Água e óleo 

Dividido nas eleições em Goiânia, entre as candidaturas de Maguito Vilela e Vanderlan Cardoso, o PSD segue rachado, depois do movimento de apoio do deputado Lucas Calil ao emedebista, de um lado, e o deputado federal Francisco Júnior, que se engajou na campanha de Cardoso. 

Sob ameaça 

A ala bolsonarista do PSL, que tem o deputado por Goiás, Vítor Hugo, como um de seus representantes, trava uma batalha interna para levar a legenda a apoiar Arthur Lira, contra o emedebista Baleia Rossi. Há até ameaça de expulsão contra Vítor Hugo. 

Conversa 

Em busca de diálogo para atendimento de demandas de auditores e procuradores do município, depois da reunião inicial de ontem, a categoria tem novo encontro nesta segunda-feira com a Secretaria de Finanças. 

Livre circulação 

Em mais uma medida contra ações de combate à disseminação do novo coronavírus, no momento de aumento da Covid-19, a Câmara quer que prefeitos e governadores não impeçam a livre locomoção de pessoas em qualquer espaço. 

Contaminação

Em 24 horas, Goiás registrou 1.496 casos da doença, totalizando 316.197 e quase chegando a 7 mil mortes desde o começo da pandemia. Imagina sem nenhum tipo de restrição! 

É direito 

Pessoas com sequelas graves advindas de queimaduras terão direito a receber assistência integral para promover sua total reinserção social por intermédio da reabilitação física, estética, psicológica, educacional e profissional. Está na lei. 

Cidadania 

Passa a ser obrigatória a inclusão de noções sobre a Constituição Federal, nas disciplinas de História e Geografia ministradas nas escolas municipais de Goiânia. A prefeitura pode firmar parcerias com órgãos públicos, universidades, MP e Tribunal de Justiça. 

Pode contratar

As universidades federais de Catalão e Jataí estão fora da regra que proíbe a admissão de servidores públicos em 2021. A matéria foi aprovada no Senado. 

CURTAS 

- Inerte durante toda a pandemia, a União Nacional dos Estudantes se junta à Defensoria Pública da União para adiar a realização Enem, marcado para o dia 17. 

- Por conta de férias coletivas, os processos no TCM continuam suspensos, só funcionando em regime de plantão, até o dia 21 de janeiro. 

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar