22 de maio de 2019 - quarta-feira

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cidades
Santa Rita do Araguaia
20-04-2019 | 12h00
Padrasto é preso suspeito de matar enteada de 1 ano porque ela não queria dormir
De acordo com as investigações, após a agressão, na noite de sexta-feira (19), o jovem acordou a mulher - mãe da menina - e alegou que ela havia caído da cama

Da Redação

Um jovem, de 21 anos, foi preso pela morte da enteada, de apenas 1 ano, em Santa Rita do Araguaia, região sudoeste de Goiás, a cerca de 520 km de Goiânia. Um vídeo feito pela polícia durante o depoimento mostra Gabriel Felizardo Silva confessando o crime. Ele disse que espancou a criança com socos porque ela não queria dormir. Emanuelly chegou a ser levada ao hospital, mas não resistiu.

"Estava tomando uma cerveja lá em casa e depois fui levar minha sobrinha embora. E quando cheguei em casa a criança estava no meio da sala chorando e não queria dormir. Eu pus ela para dormir de novo, ela não quis. Ai eu peguei e bati nela de mão fechada", afirmou.

De acordo com as investigações, após a agressão, na noite de sexta-feira (19), o jovem acordou a mulher - mãe da menina - e alegou que ela havia caído da cama.

O casal a levou para um hospital da cidade. Porém, ela acabou sendo transferida para uma unidade de saúde em Rondonópolis (MT). Ela não resistiu aos ferimentos. 

(62) 3095-8700