Cidades

Travesti é encontrada morta com sinais de agressão dentro de casa, em Goiânia

Postado em: 07-10-2019 às 08h35
Familiares contaram que, na noite anterior ao crime, ela estava com dois amigos em casa

Eduardo Marques

Uma travesti foi assassinada dentro da casa onde morava, no Jardim América, em Goiânia, na madrugada deste domingo (6). A vítima usava o nome social de Rony e tinha 46 anos de idade. O nome que consta no registro civil é Ronaldo Antônio Gonçalves. O corpo foi encontrado pela mãe, por volta das 12h da tarde deste domingo, com ferimentos de arma branca, segundo informações da Polícia Civil (PC).

As polícias Militar, Civil e Técnico-Científica estiveram no local. Assim como equipes do Instituto Médico Legal (IML). Segundo informações da corporação, na noite anterior ao crime, a mãe e o irmão da vítima tomaram remédio para dormir e deixaram Rony ingerindo bebida alcoólica com dois amigos.

A vítima morava em um cômodo no fundo da casa da mãe. A família estranhou que ela estava demorando a acordar e não estava atendendo o celular e foi chamá-la. Quando entraram no quarto ela estava nua, coberta com um lençol e com várias marcas de agressão. Para a família, ela não possuía inimigos. 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar