22 de maio de 2019 - quarta-feira

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
CLASSIFICAÇÃO
20-04-2019 | 17h50
Vila Nova é derrotado, mas avança na Copa do Brasil
Clube goiano abre o placar, sofre a virada, mas avança para enfrentar o Juventude

Foto: Magno Fernandes 

Felipe André

O Vila Nova passou sufoco mas garantiu sua classificação para a quarta fase da Copa do Brasil na tarde deste sábado. O clube goiano abriu o placar no Estádio Mangueirão mas viu os donos da casa contarem com o apoio de 6.624 torcedores e com uma grande partida de Marco Goiano que marcou uma vez e deu uma assistência para virar a partida. Entretanto como venceu o primeiro jogo por 2 a 0, o Tigrão avançou para enfrentar o Juventude.

Quase não deu tempo de começar a partida e o Vila Nova abriu o placar. Com apenas um minuto e meio de jogo, o árbitro Marcelo Aparecido deu vantagem para o time colorado em um lance de falta, a bola sobrou para Neto Moura que cruzou, a zaga do time da casa assim como o goleiro Axel se atrapalharam e a bola sobrou para Facundo Boné que só teve o trabalho de dominar e empurrar para o fundo do gol.

O clube paraense não conseguiu repetir a boa atuação que teve contra a Aparecidense na fase anterior da competição e mostrou novas falhas defensivas. O Vila Nova com o resultado na mão, diminuiu o ritmo, mas conseguia chegar com perigo no momento em que “apertava” o adversário.

Os donos da casa tinham dificuldade em atacar, mas no fim do primeiro a bola parada deu esperança ao torcedor. Aos 40 minutos, em cobrança de falta o meio-campista Marco Goiano cobrou falta com perfeição, sem chances para Rafael Santos e a bola só parou no fundo da rede.

O Bragantino-PA voltou com outra postura no segundo tempo, disposto a buscar a vitória, até que aos 33 minutos Marco Goiano cruzou na área e Paulo de Tárcio desviou de cabeça para virar a partida.

Os donos da casa até tentaram e chegaram a acertar uma bola na trave de Rafael Santos, mas a questão física se impôs na reta final e o Bragantino-PA não conseguia atacar e defender com a mesma intensidade. O Vila Nova desperdiçou algumas oportunidades e viu o rival ter dois jogadores expulsos nos acréscimos, e mesmo com a derrota garantiu a classificação.

As partidas contra o Juventude estão marcadas para os dias 24 de abril no Estádio Alfredo Jaconi, no Rio Grande do Sul. O segundo confronto está marcado para o dia 30 deste mês, em Goiânia, falta apenas definir se será no Estádio Olímpico ou no Estádio Olímpico. Vale lembrar que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pode alterar o dia do confronto, apesar de ser pouco provável até o momento.

FICHA TÉCNICA
Bragantino-PA 2x1 Vila Nova

Data: 20 de abril, 2019
Horário: 16h (horário de Brasília)
Local: Estádio Mangueirão, Belém-PA

Arbitragem: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza/SP 
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho/SP e Bruno Salgado Rizo/SP

Gols: Facundo Boné (Vila Nova); Paulo de Tárcio e Marco Goiano (Bragantino-PA)
Cartões vermelhos: Paulo de Tárcio e Pecel (Bragantino-PA)

Bragantino-PA: Axel; Bruno Limão, Romário, Gabriel Gonçalves e Esquerdinha; Paulo de Tarcio, Kaíque, Marco Goiano e Lukinha (Mauro Praia); Fidélis (Pecel) e Wilker. Técnico: Samuel Cândido 

Vila Nova: Rafael Santos; Felipe Rodrigues, Philipe Maia, Wesley Matos e Helder; Joseph (Denner), Neto Moura e Ramon; Facundo Boné (Juninho), Capixaba e Rafael Silva (Bruno Mota). Técnico: Eduardo Baptista

 
(62) 3095-8700