Quinta-feira, 21 de novembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Esporte

Vila Nova toma empate nos acréscimos e segue sem vencer no Serra Dourada

Postado em: 19-10-2019 às 18h27
Clube goiano vencia até aos 47 minutos, quando sofreu o empate – Foto: Afonso Cardoso

Felipe André

O Vila ficou muito perto de vencer sua primeira partida no Serra Dourada na Série B. O clube goiano fez um primeiro tempo como não havia feito até então e abriu 2 a 0, mas nos 15 minutos finais sofreu dois gols e só ficou no empate contra o Coritiba. Gustavo Henrique e Ramon marcaram para os donos da casa, enquanto Sabino e Giovanni deixaram tudo igual.

O Vila Nova iniciou a partida como um mandante costuma fazer, com a posse de bola e com o domínio do jogo. O clube colorado com a nova formação tática que Itamar Schülle colocou com quatro meio-campistas, facilitou a troca de passes. Mas o gol dos donos da casa surgiu em uma bola parada, aos nove minutos, quando Alan Mineiro cobrou na cabeça de Gustavo Henrique, que desviou para o fundo da rede, sem chances para Alex Muralha.

O Coritiba após o gol continuou acoado e não criou grandes oportunidades. O Vila por sua vez manteve a posse de bola e contou com a participação de Alan Mineiro no meio-campo, pelo menos até os 30 minutos, quando o camisa 10 sentiu o adutor da coxa direita e precisou ser substituído por Capixaba.

Os visitantes chegaram com perigo somente aos 34 minutos, quando Mattioni cruzou na medida para Rodrigão que cabeceou no chão e Rafael Santos caiu para fazer a defesa. No minuto seguinte o segundo gol do Tigrão. O Coritiba tentou sair jogando pelo chão, a bola chegou no Vitor Carvalho, que se atrapalhou e perdeu a bola para Ramon que bateu para o gol aberto.

O restante da primeira etapa colocou o Vila com uma maior posse de bola e com um ritmo mais fraco, já que o calor de Goiânia castigava. O segundo tempo não reservou grandes atuações, mas contou com a "reestreia" do meio-campista Elias, que foi reintegrado após o pedido de Rafael Toledo, que entrou aos 26 minutos no lugar de Magno. Na reta final, os visitantes se mandaram para o ataque, pressionando o Vila e conseguiu diminuir após cobrança de falta e o zagueiro Sabino apareceu para mandar de cabeça para o fundo da rede.

A pressão colocou todos os jogadores do Vila se defendendo como conseguia. O árbitro Roger Goulart deu cinco minutos de acréscimos e aos 47 marcou uma falta na entrada da grande área. Giovanni, que entrou na segunda etapa, cobrou forte e no alto, para deixar tudo igual no Serra Dourada.

Na próxima rodada o Vila Nova visita o Bragantino, líder da competição, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista-SP. A bola vai rolar às 21h30 (horário de Brasília), na sexta-feira (25) e será válido pela 31ª rodada. O Coritiba entra em campo um dia antes, na quinta (24), às 21h30 contra o Operário-PR, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba-PR.

FICHA TÉCNICA

Vila Nova 2x2 Coritiba

Data: 19 de outubro, 2019

Horário: 16h30 (horário de Brasília)

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO

Árbitro: Roger Goulart (RS)

Assistentes: Mateus Olivério Rocha (RS) e Gustavo Marin Schier (RS)

Gols: Gustavo Henrique 9’1T e Ramon 35’1T (Vila Nova); Sabino 36’2T e Giovanni 47'2T (Coritiba)

Vila Nova: Rafael Santos; Jeferson, Wesley Matos, Patrick e Gastón; Magno (Elias), Tinga, Ramon e Alan Mineiro (Capixaba); Erick e Gustavo Henrique (Edinho). Técnico: Itamar Schülle

Coritiba: Alex Muralha; Felipe Mattioni, Romércio, Sabino e William Matheus; Vitor Carvalho (Giovanni), Matheus Sales (Nathan), Juan Alano, Thiago Lopes (Kelvin) e Robson; Rodrigão. Técnico: Jorginho  

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar