Segunda-feira, 23 de novembro de 2020
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Mulheres

Técnica moderna de silicone permite retorno às atividades 24h após cirurgia

Postado em: 23-10-2020 às 09h50
A duração é a mesma em ambos os procedimentos: 1h e a alta médica também é similar em ambos, 3h após - Foto: Divulgação

Igor Afonso

Muitas mulheres desistem de colocar silicone nos seios devido ao pós-procedimento delicado que obriga pacientes a ficarem, pelo menos, 15 dias sem dirigir, erguer os braços e fazer movimentos bruscos.

Pensando nisso, o procedimento conhecido como prótese de mama de recuperação rápida, permite o retorno às atividades em menos de 24h, ou seja, no dia seguinte à cirurgia, já é possível voltar ao trabalho e a rotina normal.

O cirurgião plástico Cristian Haesbaert, da clínica Cplástica Brasília, conta que “batizada de Fast Track Recovery, a técnica foi desenvolvida pelo médio norte-americano John B. Tebbets em 2002, mas só agora popularizou no Brasil” e explica que o procedimento causa sangramento mínimo e menos trauma cirúrgico, dando mais autonomia às pacientes durante o processo de recuperação.

“Isso graças à uma técnica refinada de implante, aliada a medicações anestésicas diferenciadas e fisioterapia desde o pós-operatório imediato”, pontua. Apesar de proporcionar uma recuperação mais rápida e segura, a técnica não acelera o retorno da sensibilidade dos mamilos.

“A cirurgia não traz nada de novo nesse sentido. A sensibilidade é um fator peculiar de cada paciente e varia muito de mulher para mulher”, ressalta a cirurgiã Milena Carvalho. Por ser inovador e exigir mais habilidade do médico, o procedimento é mais caro e chega a custar o dobro do convencional.

A duração é a mesma em ambos os procedimentos: 1h e a alta médica também é similar em ambos, 3h após. As duas são realizadas, na maioria dos casos, através de uma incisão no sulco mamário e deixa uma pequena cicatriz.

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar